Tereza Bodemer

"Tudo posso, em Deus, que me fortalece!"

Textos



Nas mãos da incompetência 
somos mal servidos. ..

Desabafo cidadão. ..




A administração pública anda a bancarrota. Os desmandos e incompetências, mais incoerrências e abusos, andam às soltas no serviço público, em toda parte do país, principalmente, ao que podemos perceber pelo que temos passado, ouvido, e visto, na Saúde.

Hoje senti de perto essa realidade nua e crua. Extremante indigesta e revoltante. Quando precisei usar o serviço público (coisa rara, diga-se de passagem, já que, graças a Deus, tenho condições de ir ao atendimento de saúde particular), o que me acontece? Não encontro o simples e cotidiano serviço público, que seria aplicar uma vacina BCG em meu neto, que nasceu na segunda feira.

Eu me estressei muito, fiquei nervosa, e falei um montão pra quem estava ali para ouvir, porque alguém precisava saber do meu descontentamento.

Então, do lado do pavo necessitado me vi, sem cobertura da Saúde, paga com meu dinheiro e de todo o provo brasileiro trabalhador, que paga imposto sobre tudo o que compra e, inclusive sobre o salário que recebe, muitos de nós.

Senti na pele a triste e decepcionante emoção de não ter o atendimento que necessitava. E senti a dor de tantos brasileiros que tem buscado socorro nas horas das suas enfermidades e encontram uma Saúde Pública sucateada, roubada, dilapidada, mal administrada, e uma revolta muito grande surgiu dentro de mim, e reclamar a quem de direito, e de dever, foi meu plano. Uma reclamação, denúncia, ao Ministério Público, ao Prefeito, reclamação por escrito ao Secretário de Saúde municipal, no jornal, rádio, os cambal...

Na hora da raiva senti uma força vulcânica tomando conta de mim e me senti poderosa para intervir em favor do sofrido povo brasileiro, e que por acaso eu também estava, nesse momento, no mesmo rol de brasileiros desassistidos pela incompetência da administração pública.

Mas com o passar do dia, o trabalho de avó e mãe, com as tarefas que isso acarreta, mais o calor danado que fez hoje por aqui, acabou que, no final da tarde, na mesa de uma sorveteria, com uma água com gás e um pote de sorvete com açai e frutas, me senti muito cansada, relaxada, desmotivada, consciente que tomar alguma atitude de denunciar, de quase nada adiantaria.

Estamos nas mãos de pessoas desonestas, egoístas, vaidosas, orgulhosas, incompetentes, avarentas, gananciosas, criminosas, impiedosas, filhos da puta lazarentos! E o que podemos fazer?

Eu continuo fazendo minha parte. E decide que vou fazer campanha de oração pra que a Justiça Divina faça um 'limpa' neste nosso mundo, neste nosso Brasil, nessa administração pública brasileira que é mesmo uma palhaçada sem eira nem beira, que, - Valha-nos Deus! -, só mesmo Deus para nos ajudar a encontrar soluções para resolver esse problema público que afeta a todos os brasileiros de bem, trabalhadores, honestos, que cumprem com seus deveres, pagam suas contas, economizam, pagam impostos pra nascer, viver e morrer, e continuam pagando até depois de mortos, muitos, porque não tiveram atendimento quando precisaram e tiveram que arcar com as despesas, fazendo dívidas para os filhos e herdeiros pagarem... É mesmo um descalabro, pra dizer o mínimo!...

Eu estou farta! Estou cansada, desanimada, mas não sem fé e esperança na providência divina, que nos diz (e eu vejo isso), que dará a cada um segundo as suas obras.

Então, se posso pedir alguma coisa a Deus, peço que julgue esse povo sem vergonha, que não cumpre com seu dever, que tira dos pobres, e de todo o povo trabalhador, para ficar rico às custas que quem os sustenta; peço a Deus que os julgue e os condene e os castigue, com câncer, e com consciência, para que recebam quadruplicado por suas más e fraudulentas obras. Assim seja! Amém!



 
"Provérbios 2; 21, 22
…Porquanto os justos herdarão a terra,
e os íntegros nela habitarão;
porém os ímpios serão exterminados
da face da terra,
assim como dela serão desarraigados
os insinceros e desleais."



0e1c4e3c315b225da96525bb35b4a113.jpg

AMÉM! ASSIM SEJA!
QUE SE CUMPRA A PALAVRA DEUS!
É O QUE DESEJO!
É O QUE PEÇO!



 
Maria Tereza Bodemer
Enviado por Maria Tereza Bodemer em 18/02/2021
Alterado em 21/02/2021


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras